רקע Hero חלק

Guia para remover conteúdo terrorista e de ódio a Israel

Nos últimos anos, todas as redes desenvolveram mecanismos que permitem denunciar conteúdos de incitação e de ódio,

quando tais denúncias resultam na revisão automática ou por olho humano do conteúdo sinalizado,

e a rede social pode decidir removê-lo e, em casos excepcionais, também bloquear as contas que o espalharam.

A mobilização excepcional dos israelenses desde o ataque em Simchat Torá não escapou à discussão na Internet. Voluntários israelenses realizam uma extensa atividade de ‘Hasbara’ e participam do diálogo on-line em todo o mundo.

Para auxiliar neste trabalho sagrado diante da enxurrada de informações falsas e incitantes contra Israel, aqui está um guia para denunciar conteúdo antissemita e anti-Israel, que permitirá a remoção de tal conteúdo das plataformas da Internet.

Os principais pontos do guia

Ao denunciar um perfil, deve-se especificar a categoria que justifica a solicitação de remoção. Os princípios por trás da denúncia específica são:

  • Informações falsas que aparecem em uma postagem ou vídeo em redes pertencentes ao Meta (Facebook, Instagram, Threads) – devem ser denunciadas na categoria de ‘informações falsas sobre política’.
  • Conteúdo de apoio, palavras de elogio, justificação, arrecadação de fundos ou assistência ao Hamas, a figuras da organização ou ao ataque em Simchat Torá – deve ser denunciado na categoria de ‘terror’ ou ‘organização perigosa’.
  • Conteúdo verbal ou visual que constitua uma declaração de intenção de violência ou sequestro contra Israel, ou em apoio a tal ação – deve ser denunciado na categoria de ‘violência’.
  • Conteúdo verbal ou visual de depreciação, imagens de animais, criminosos, negação da existência ou zombaria de Israel, do ataque em Simchat Torá ou das vítimas – deve ser denunciado como ‘discurso de ódio’ relativo à ‘origem nacional’ ou ‘ódio e assédio’.
  • No caso de conteúdo ameaçador, aspiração, apelo ou incentivo a outros para causar danos físicos a israelenses – deve ser denunciado como “violência e assédio”.
  • Em algumas redes, conteúdos difíceis de assistir serão denunciados como “conteúdo violento e chocante”.
  • É recomendado percorrer a página ou perfil e denunciar diversas postagens dele na categoria ‘terror’, para que o Facebook entenda que se trata de uma página com conteúdo terrorista.
  • No Tiktok, teorias da conspiração violentas ou odiosas, que causam preconceito sobre os israelenses, ou informações sobre um evento que acabou de acontecer, e ainda não há suficientes informações verificadas, ou teorias da conspiração infundadas – devem ser denunciadas como ‘desinformação ofensiva’.
  • Fotos que foram editadas para distorcer a realidade – devem ser denunciadas como “desinformação profundamente falsa”.
  • Conteúdo verbal ou visual de humilhação, imagens de animais ou criminosos, alegação de inferioridade moral em relação aos israelenses – deve ser denunciado como “ódio e assédio”.
  • É possível denunciar um perfil ou página comercial – e não apenas conteúdos específicos nele. Porém, tal denúncia só será feita se todas as postagens do perfil (ou a maioria absoluta) violarem as regras da plataforma, ou se o nome, foto ou biografia do perfil (sobre) contiver conteúdo de ódio/incitação/violência. Mesmo que este método seja utilizado, é também importante denunciar conteúdos específicos como problemáticos, e não apenas perfis completos. A plataforma pode também optar por bloquear todo o perfil por conta de uma ou algumas postagens ofensivas.

Observação: não é possível denunciar discursos de ódio e violência dirigidos contra o Estado de Israel (exceto no caso de teorias da conspiração), uma vez que os estados são considerados uma entidade à qual tais declarações podem ser dirigidas.

Além disso, existe um grupo de WhatsApp dedicado, no qual centenas de voluntários compartilham conteúdo e perfis para fins de denúncia, a fim de reunir muitas reclamações sobre conteúdo incitante nas redes. É possível juntar-se ao grupo e contribuir para o esforço informativo.

tik tok hate content example
hate content
instagram hate content example
X